Você pretende começar um novo negócio e precisa criar uma marca que traduza todos os valores desta sua proposta?

Você acredita que a marca é peça fundamental do seu plano e será a alma traduzida – além de tempero para o sucesso – desta sua nova empreitada?

Você está certo!

marca é a face e a personificação dos valores de um produto ou serviço, a impressão digital que agrega valor e diferencia determinada empresa de seus concorrentes.

Concorda?

Entretanto identificar os valores desta marca, nomeá-los, atribuir forma e gerar reconhecimento é um trabalho que requer sensibilidade, conhecimento, dedicação e tempo.

Veja este modelo da marca da Vérios, fintech brasileira de investimentos.

Steve Jobs quando foi começar a Next gastou US$ 100 mil apenas com o logo.

Óbviamente isso foi considerado uma excentricidade até para Steve Jobs. Você terá de lutar muito para conseguir US$ 100 mil em investimentos para financiar todo o seu negócio.

Já o Airbnb, Medium e Flipboard não queimaram esse dinheiro e, aparentemente, beberam na mesma fonte.

Já o Mailchimp (#mozão❤️) deu apenas uma reestilizada, fez uma pequena plástica em seus traços.

Como você vê, uma marca realmente é um ativo delicado e valioso.

Os 8 passos para a criação de uma marca

Veja como criar uma marca para sua startup

 

Para facilitar a sua jornada, vou mostrar como eu criei uma marca original para uma clínica veterinária e pet-shop de um projeto em família a partir da foto de um cachorro rs

Um Pet millenial

Como é sabido, o mercado pet vem acumulando crescimento por anos seguidos independente das ocilações econômicas.

De olho neste mercado, uma série de novas marcas estão inserindo outras tendências de consumo – como a hipster, a gourmet e a saudável – dentro do segmento.

Desta forma, o desafio que eu me propus era criar uma marca contemporânea, moderna e descontraída, com foco no público na faixa dos 30 anos – a faixa de transição entre a geração X e Y, que terá poder de compra pleno daqui a 10 anos. Esta história você confere a seguir.

O que é marca?

Marca é um nome, termo, sinal, símbolo, desenho ou combinação de todos elementos ou mais que deve identificar os produtos ou serviço de determinada empresa a fim de diferenciá-los da concorrência.

Desta forma, para criar uma marca reconhecida, não basta um nome ou logo, mas sim combinar uma série de elementos que irão compor este conjunto, como:

  • Nome
  • Tipografia
  • Logo
  • Slogan
  • Personagem
  • Domínios
  • Paleta de cores
  • Embalagens
  • Jingles etc.

Quanto maior o número de elementos de uma marca, maiores as probabilidades de se trabalhar a sua percepção e fixar uma imagem na cabeça do consumidor.

Valores e nome de sua marca

Uma dica para fomentar a criação de nomes é pensar nos valores que a sua marca pretende transmitir. Seriam valores de segurança, alegria, responsabilidade, diversão etc?

Em seguida você passa para o nome.

A origem do nome de uma marca pode se dar por diferentes categorias, como:

  • Significado: Ray-ban (uma abreviação de ray banish).
  • Onomatopéico: Oppa
  • Composto: Resultados Digitais
  • Familiar: Hering
  • Combinação: 99Táxis

Quando comecei a buscar possibilidades para nomear o meu negócio, levei em consideração a irreverência: queria um nome que fosse alegre e divertido.

Conversando com uma amiga, ela me sugeriu “Oh My Dog“, que eu adorei mas que já estava sendo utilizado por outros pet shops.

Foi aí que comecei um trabalho de brainstorming até chegar ao nome “Cachorro Gato” – confira a planilha que elaborei para esta tarefa.

O nome “Cachorro Gato”por si só pode não significar muita coisa, principalmente, se inserido um “e” conectivo entre eles. Mas basta um slogan para dar todo um novo significado para a marca.  Exemplo: “Cachorro Gato – Todos os cuidados para o seu pet bonitão“.

Pronto, eu tinha um nome jovem, original, que une elementos da linguagem urbana (o gato como referência para alguém bonito ou pessoa de afeto) e que combinava de forma divertida os dois principais animais do universo pet. Foi uma sacada óbvia, mas nunca realizada antes!

Com um nome definido, era preciso buscar uma tipografia para registrar esta marca.

Tipografia

Se o nome é o significado, a fonte tipográfica é a imagem de sua marca. Por isso, a seleção e a pesquisa deste item é de extrema importância.

Em meu trabalho para a Cachorro Gato, eu utilizei o site DaFont e a categoria “Cartoon” para a pesquisa de fontes.

O legal é que o site permite que você aplique o seu texto à fonte selecionada para checar o resultado e conferir se há compatibilidade entre caracteres, acentos etc., e conferir o resultado final.

No caso da Cachorro Gato, os testes podem ser conferidos aqui.

Outra dica bem legal para quem está começando é este post que lista 60 fontes sem serifas grátis para serem usadas em seu projeto. Tem também o Google Fonts.

E, assim como uma assinatura, o toque final pode fazer uma enorme diferença no acabamento de uma marca.

 

Paleta de cores

Pense no laranja do Itaú, no verde do Starbucks, no vermelho e amarelo do McDonalds e você logo verá como a importância da paleta de cores ideal para sua marca e para o ambiente do seu negócio.

Em meu projeto, sempre tive em mente cores positivas. A ideia toda era construir a identidade em torno do amarelo, que é uma cor alegre e festiva – sentimentos proporcionados pelos animais em sua relação com seus proprietários.

Pensando nisso, busquei algumas paletas no Google. Considerei também utilizar a paleta de cores do Slack, um dos aplicativos mais legais da atualidade e que possui um tema agradável.

Até que descobri o Coolors.co, um site bem legal que gera inúmeras paletas de cores harmonizadas por meio de um algoritmo. Ele também permite ajustar, salvar e exportar suas paletas.

E depois de alguns dias de ajustes, cheguei a uma paleta do meu gosto que se encaixava no projeto ao meu ver.

Design

Além do nome e da tipografia definidos, eu queria inserir um pequeno personagem em minha marca.

O ponto de partida para a criação para isso era um cãozinho sem dentes e de língua comprida que se tornou celebridade no Instagram.

Com 356 mil seguidores, Toast foi resgatado de um canil nos Estados Unidos para se tornar uma celebridade nova-yorkina que estrela campanhas de moda na rede social.

E eu sigo ele, me divirto e decidi que seria legal tê-lo como referência para um mascote de minha logomarca.

Quando comecei o trabalho de desenvolvimento da logomarca da Cachorro Gato eu queria algo com design flat (Não sabe o que é design flat? O novo logo do Instagram usa design flat).

Entretanto, mudei de opinião conforme fui desenvolvendo o trabalho com o designer.

A seguir, vou mostrar todo o desenvolvimento da marca até o seu resultado final para que você veja como ela aconteceu.

Aplicando a marca

Por último, com sua marca aprovada, basta aplicá-la em toda as suas instalações, comunicação e ponto de contato com o cliente, como ponto de venda, redes sociais, site, cartões de visita, formulários etc.

Veja os resultados da Cachorro Gato:

E aí, o que achou? Gostou?

O fato é que uma marca legal se torna um ativo intangível para o seu negócio, te diferencia dos concorrentes e, principalmente, atrai clientes.

Hoje, quando eu vejo uma nova startup, já faço um julgamento pela marca de existe um time forte ou não por trás do projeto.

Portanto, se você vai começar um negócio, dedique o tempo necessário para a elaboração de sua marca. Assim como os códigos, é melhor fazer bem-feito do que ter de consertar depois 😉

Boa sorte!

 

Assine a Newsletter!

Posted by Vinicius Aguiari

Eu escrevo sobre assuntos interessantes que farão sua vida melhor. Se conecte comigo!