Estritamente ligado às redações e aos influenciadores, o trabalho de relações públicas tem sido obrigado a se reinventar à medida que os seus agentes-alvo passam por processo de mudança.

Se por um lado as redações tradicionais atravessam um período de revisão devido às mudanças impostas pela tecnologia e pela diminuição de receitas, o número de novos blogueiros e influenciadores se multiplicam. Para um futuro próximo, a tendência é de surgimento de novos canais, cada vez mais focados em nichos e com a audiência distribuída.

Desta forma, o poder de se comunicar está disseminado e pulverizado, permitindo que qualquer consumidor assuma o papel de formador de opinião e emita – ainda que para uma audiência reduzida – uma sentença sobre sua marca ou produto.

Por isso, a importância de um trabalho eficaz de PR a fim de se construir marcas sólidas.

A construção da imagem de uma empresa

beyond-pr-book-cover

Em seu livro “Beyond PR: Communicate Like a Champ in the Digital Age“, a autora e colunista da Forbes Cheryl Conner afirma que, quando executado corretamente, o trabalho de relações públicas abre as portas para a divulgação de novas ideias, novas personalidades e novos negócios. Ele até colabora para que novas indústrias surjam e sejam bem-sucedidas – vejam os casos de startups inseridas dentro do quadro da economia compartilhada, como o Airbnb e o Uber. Por isso, a estratégia de comunicação deve estar estritamente ligada ao plano de negócios de qualquer empresa.

O fato é que o marketing, por meio da comunicação, influencia a tomada de decisões de compra as quais consideramos autônomas.

Podemos estar mais propensos a utilizar determinado app de taxis em relação a outro, pois sabemos que o primeiro tem uma política de incentivo ao uso da bicicleta, como é o caso da 99Táxis, por exemplo.

Ou veja a história da TomShoes, que para cada par de sapato vendido, doa um outro para uma criança carente. Não por menos, o negócio da TomShoes com sapatos deu tão certo que eles estenderam o modelo para óculos e outros acessórios, sempre sob o slogan “One for one”.

Desta forma, o trabalho de relações públicas não envolve apenas promoção (embora promova). Ele atua para construir autoridade, difundir valores, apoiar o marketing de conteúdo, construir imagens e marcas etc.

Assim, a filha do meio “Public Relations” caminha de mãos dadas com suas duas irmãs: “Business Communication” e “Digital Communication” para a construção e consolidação de marcas. 

Como definir uma mensagem e posicionamento

O passo inicial para quem pretende apresentar um novo negócio para a imprensa é definir qual mensagem deseja passar. E a partir daqui caímos em uma série de critérios para a definição de uma estratégia para o posicionamento de um produto ou empresa.

A sua mensagem terá um apelo racional ou emocional? Seu foco estará no produto ou nas pessoas? Nas features ou no preço? Ao escolher estes tópicos podemos gerar uma série de combinações a fim de estabelecer um posicionamento de comunicação para o seu negócio.

Para saber sobre os benefícios de um posicionamento bem elaborado, recomendo o artigo “People Don’t Buy Products, They Buy Better Versions of Themselves“.

Em julho passado, a Apple fez uma mudança em sua comunicação publicitária em vídeo, tirando o foco do emocional para o racional; das pessoas para o produto. Compare os vídeos:

Produto e racional

Pessoas e emocional

Legal, não? Agora pense como esses exemplos podem lhe ajudar na estratégia de comunicação do seu negócio!

Crie histórias para o seu negócio

Milhares de empresas são criadas e desaparecem todos os anos – e isso por si só não desperta o interesse dos jornalistas. É preciso criar histórias em torno de seu negócio, fatos capazes de atrair a atenção de repórteres, editores e leitores.

Novamente, se lembre dos casos da TomShoes e da 99Táxis.

Responsabilidade social é uma excelente maneira de gerar histórias e valor para sua marca,  seja por meio de eventos, parceria com ONGs, ações diretas em comunidades ou outras iniciativas.

Outra forma é por meio da criação de um ambiente inovador e agradável de trabalho. As pessoas estão sedentas para conhecerem – e se aproximarem – de empresas que estão reinventando as relações de trabalho, dando maior importância para a qualidade de vida de seus colaboradores ao mesmo tempo em que se tornam mais produtivas.

Veja o caso da Evernote que ofereceu faxina quinzenal e férias ilimitadas para seus funcionários. Claro que esta é uma ação difícil de ser implementada devido aos seus altos custos, mas serve como um exemplo criativo e de impacto!

Ações para gerar resultados

Vejamos a seguir algumas pontos estratégicas de empresas de tecnologia para serem trabalhadas pela equipe de relações públicas:

1. Lançamento:
O lançamento de um novo negócio sempre desperta a atenção dos jornalistas e dos leitores, seja pela introdução de um novo player no mercado, surgimento de novos empregos, oferta de novos produtos e serviços etc.

Exemplo:
Xiaomi, a Apple chinesa, chega ao Brasil com celular de R$ 500

2. Histórias:
Todo o tipo de histórias relacionadas à cultura da empresa, de seus colaboradores e ações para seu público ou para a sociedade. Vale também o CEO saudável que pratica ciclismo durante a noite para relaxar ou práticas de bem-estar dentro da companhia.

Exemplo:
Resultados Digitais quer mudar o marketing digital no Brasil. E está conseguindo

3. Momentum / Milestone:
Aqui se trabalha tudo que envolve números e achievements, como a mudança para um novo escritório, o crescimento da receita, da equipe ou até do número de usuários do serviço.

Exemplo:
Instagram atinge a marca de 700 milhões de usuários

4. Produto:
Esta também é um momento que também costuma gerar bons resultados. Aqui pode se falar sobre novos produtos, features, serviços, preços, planos etc.

Exemplo:
Netflix lança cartões pré-pagos no Brasil

5. Thought leadership (autoridade):
Este é um pontos que eu considero mais atraentes e com maior potencial entre as empresas digitais. A partir da análise dos dados, é possível gerar insights e relatórios, transformar dados em infográficos e listas a fim de compartilhá-los com os leitores. Estas ações costumam gerar excelentes resultados.

Exemplo:
YouTube divulga lista com os vídeos mais vistos em 2014

É isso…

Espero que este artigo tenha lhe ajudado a gerar novas ideias a fim de estabelecer um plano de comunicação para sua empresa.

Recomendo também a leitura do texto Estratégias de PR – O que é melhor: fazer in-house ou contratar uma agência?

Até a próxima!

Assine a Newsletter!

Posted by Vinicius Aguiari

Eu escrevo sobre assuntos interessantes que farão sua vida melhor. Se conecte comigo!