Quando Miles Young, CEO da renomada Ogilvy, diz que as agências vão virar publishers, ele está falando de cases de inbound marketing.

O conceito de inbound marketing foi criado pelos fundadores da Hubspot, Brian Halligan e Dharmesh Shah, e definido no livro “Inbound Marketig: Get Found Using Google, Social Media and Blogs“.

A estratégia de inbound marketing segue quatro fases: atrair, converter, fechar e encantar. Você já ouviu a máxima que diz que “O conteúdo é rei”? Pois bem, o conteúdo é a peça fundamental deste processo.

Imagine uma loja bonita, de arquitetura moderna e agradável, em um ponto de destaque de um shopping ou de uma rua movimentada. Esta loja é o site de sua empresa. Agora imagine os milhares de produtos disponíveis nesta loja. Este é o conteúdo. A soma dos dois, a descoberta dos produtos mais buscados e a oferta deles em uma vitrine chamativa é o trabalho de SEO. As redes sociais formam sua equipe de vendas.

Legal, não?

Sendo assim, a lógica do inbound marketing alterou para o bem a dinâmica entre os times de marketing e vendas dentro do funil de compra. Se antes o marketing atuava somente na divulgação e posicionamento de um produto, hoje ele vai até a avaliação das melhores opções, enquanto o time de vendas fecha os negócios.

funil-inbound-marketing-vendas

 

Isso é benéfico pois, quanto mais informado sobre determinado serviço ou produto, mais propenso a fazer uma compra de alto valor agregado um consumidor estará.

Por  isso que Miles Young reconhece que no futuro as agências de publicidade serão agências de conteúdo.

Conteúdo para startups e empresas tradicionais

Por aqui, além das empresas digitais e startups, empresas tradicionais já começaram a investir em inbound marketing com foco em benefícios como relacionamento de longo prazo e retenção, uma vez que a publicidade é um tiro curto e caro.

Abaixo, separei sete exemplos. Confira:

1. VivaReal

Plataforma para a venda e aluguel de imóveis, o VivaReal tem de enfrentar o desafio de todo marketplace: gerar inventário (anunciantes) para alimentar clientes (compradores e locatários). Desta forma, a plataforma decidiu criar um canal para corretores, o VivaCorretor, com notícias e dicas do mercado imobiliário; e outro para compradores e inquilinos, com informações sobre aluguel, mudanças, condomínio, reparos e manutenção etc. Também criaram guias especiais com excelente conteúdo e o VivaDecora, um “Pinterest” somente dedicado à decoração.

2. Hospital Samaritano

Surpresa ver um hospital adotar a estratégia de inbound marketing. O Samaritano não apenas passou a produzir conteúdo, como o disponibilizou em sua página inicial em vez de colocá-lo em um blog para acesso posterior. Os temas vão desde os benefícios do suco detox até cirurgia para costelas com impressora 3D. Como os hospitais possuem restrições em relação à publicidade, eles direcionam o leitor para assinar uma newsletter. Iniciativa de impacto daquele que foi o primeiro hospital privado da capital paulista.

3. ContaAzul

A ContaAzul é uma startup B2B de Joinville apontada pela FastCompany como uma das empresas mais inovadoras da América Latina. A empresa oferece uma plataforma online para gestão financeira, controle de estoque, emissão de notas e integração bancária para pequenas e médias empresas. Em seu blog, eles dão dicas sobre gestão e estratégia, empreendedorismo, disponibilizam planilhas e compartilham cases de sucesso. Também oferecem ebooks, planilhas, vídeos e infográficos com dicas para empreendedores.

Vai começar com o inbound marketing? Veja como montar um time de marketing de conteúdo.

4. BandTec

Faculdade que oferece cursos de graduação e pós-graduação na área de TI, a BandTec compartilha em seu blog uma série de conteúdos que orientam o aluno em relação a qual curso escolher, perspectivas do mercado de trabalho, programas no exterior etc. Eles também oferecem ebooks que se aprofundam em temas como segurança, big data e analytics, e redes e conexões.

5. Eventbrite

Plataforma para inscrições e ingressos online, o blog da empresa traz uma série de dicas sobre organização, promoção e inovação em eventos. Entre os ebooks produzidos por eles estão “Redes Sociais e Eventos”, “Big Data para Eventos” e “Como Gerar Valor Para os Patrocinadores”. Também oferecem uma série de ferramentas para facilitar a vida de organizadores, como planilhas de orçamento, borderô de bilheteria, modelo de apresentações para relatórios etc. Os downloads desses materiais geram os leads que alimentam o time de vendas.

6. GuiaBolso

O GuiaBolso é um app que permite aos seus usuários, a partir da integração com a conta bancária, analisar e controlar suas contas e vida financeira. A fim de atrair usuários para o site da startup, o blog oferece conteúdo com dicas de qualidade sobre finanças pessoais, como dicas para ganhar dinheiro em casa, simuladores de financiamento, como economizar etc.

7. Moip

A empresa oferece uma solução para pagamentos online e tem como clientes parceiros como Natura, Danone e Enjoei.com. Em seu blog, eles abordam temas como vantagens e desvantagens de um marketplace em relação a uma loja própria, erros de check out que podem estar lhe gerando perdas, a importância do SAC para e-commerces, tipos de frete para lojas virtuais etc.

 

Vale lembrar que a pesquisa “Marketing is a (Buyer) Jorney, Not a Destination“, divulgada em agosto de 2015 pela IBM, mostrou que o conteúdo não apenas é “rei”, como já lidera o orçamento de marketing das empresas com 13% de participação. A mesma tendência apontou uma pesquisa realizada pela RockContent no Brasil.

E a sua empresa, já possui um plano de marketing de conteúdo para apoiar o time de vendas ou vai ficar de fora dessa?

Caso precise de auxílio ou consultoria para desenvolver seu plano de inbound marketing, entre em contato que terei o maior prazer em colaborar! 🙂

Obrigado e até uma próxima!

Assine a Newsletter!

Posted by Vinicius Aguiari

Eu escrevo sobre assuntos interessantes que farão sua vida melhor. Se conecte comigo!